Skip to content

Les Jardãns – parte 2

14 maio, 2009
Continuando a saga pelos Jardins, hoje vem a parte gastronômica do mini-roteiro, com lugares aonde você pode, no meio dos passeios, ter os tais almoço, café da tarde e jantar que havia comentado. Claro que sou super fã do Ritz, da Lanchonete da Cidade, do Piola e afins, especialmente para jantar. Mas meu roteiro pretende fugir um pouco do lugar-comum. Bon appètit!
 
RESTAURANTES
 
Original Beto Batata – o charmoso restaurante, com paredes coloridas, exposição de objetos de arte e boa música, é especializado em batata rosti, uma apetitosa receita suíça de batata. Na casa, ela tem dezoito opções de recheio. A de carne seca com cebola e a de peito de peru com gorgonzola são ótimas pedidas (e olha que eu tenho pa-vor de gorgonzola!). No almoço, há também a opção de pratos executivos, que variam de acordo com o dia. O serviço deixa um pouco a desejar, mas a comida compensa: sempre bem servida e temperadinha.
Rua Dr. Melo Alves, 769 – Jardim Paulista
 
Via Augusta Natural – escondidinho numa entrada na Augusta, vale a subida de escadas: o buffet por quilo tem sempre opções que fogem um pouco da linha “natureba-ecochic” e têm gostinho de feitas em casa, como o refogadinho de proteína de soja (recomendo a iniciantes e iniciados). Há sempre opções com peixe e frango também, para agradar a todos os paladares, além de massas bem feitinhas e o feijão com sabor de ‘comida de mãe’. O lugar é simpático e o serviço, atencioso. Uma dica: guarde um espaço para a sobremesa. Todas são de comer com os olhos, mas aproveite e faça seu pratinho!
Rua Augusta, 2681 – Jardins
 
Il Sole Blu – o pequeno restaurante fica em uma das muitas galerias espalhadas pela Augusta, perto da Oscar Freire. Tem em seu menu pratos fixos e opções que variam conforme o dia. Mas a indicação vale por dois motivos: o casal supersimpático de senhores italianos que gerenciam a casa e o gnocchi della fortuna, servido todo dia 29 do mês. Feito inteiramente de batatas, com molho de carne e servido com bracciola, é de comer de joelhos. E não esqueça a sua moedinha para colocar embaixo do prato!
Rua Augusta, 2767 – Jardins
Quinta é dia de feira na Barão de Capanema. Movimentada, vale uma passadinha para um pastel e uma caixa de morangos a R$1 na hora da xepa. Corre pra lá!

Quinta é dia de feira na Barão de Capanema. Movimentada, vale uma passadinha para um pastel e uma caixa de morangos a R$1 na hora da xepa. Corre pra lá!

  

CAFÉS

Dulca – a doceria, com decoração retrô e poltroninhas azuis espalhadas pela calçada, tem um bom café e opções de docinhos para acompanhar. Na dúvida, fique com o brigadeiro: derrete na boca e a receita é guardada a sete-chaves pela família. Impossível comer um só!
Rua Oscar Freire, 778 – Jardins
 
Suplicy – apesar do ambiente menos acolhedor do que o de outros cafés, o espaço é clean e bem frequentado, além de ter internet disponível e grãos especiais para o café. Se não for muito fã da bebida, vá de sucos (o de manga é incrível!) ou de chai latte, outra opção quentinha para dias frios (superperfumada e aconchegante).
Alameda Lorena, 1430 – Jardim Paulista
 
Cristallo – a rede de cafés tem sua filial nos Jardins também, no coração da Oscar Freire. Mesinhas na calçada dão charme para observar a movimentada rua. Para acompanhar, vá de chocolate quente: encorpado e bem feito, deixa qualquer chocólatra pedindo mais. Docinhos de vários tipos completam o pacote.
Rua Oscar Freire, 914 – Jardins
 

 

+ dicas extras (de brinde!)  

A melhor guloseima: é o brigadeiro da Vó Sinhá! A pequenina casa, quase na esquina com a Oscar Freire, serve um brigdeiro recheado com morango que se candidata ao posto de melhor pedida para o sugar rush que bate às cinco da tarde. O local, com mesinhas na calçada, também serve tortas, quiches e saladas, bem servidos e apetitosos. Já o serviço… Prepare-se para atendentes mal treinadas e mal humoradas. Mas o brigadeiro, de tamanho razoável e preço justo, compensa. Pegue o seu e saia para dar uma volta!
Rua Augusta, 2724
 
 
Os melhores presentes: estão na Granado! A tradicional Botica Granado, conhecida pelo seu polvilho anti-séptico, tem uma loja na esquina com a Al. Lorena. A nossa Kiehl’s tupiniquim tem produtos naturais e de ótima qualidade, embalagens charmosíssimas (e vintage!) e serviço atencioso. E o melhor? Preços honestíssimos! Levei meu melhor amigo lá e agora ele me culpa por ter ficado viciado em produtinhos e cosméticos. Sou fã da linha pink: as propagandas são de chorar de lindas, e os produtos cumprem o que prometem (o gel para pernas cansadas é uma coisa: gela tudo e parece que as pernas estão flutuando!). Também adoro dar de presente: afinal, todo mundo gosta de um hidratante cheiroso e experiências sensoriais durante o banho, não é mesmo? É quase um abraço em potinhos!
Rua Haddock Lobo, 1353
 
Mapa do roteiro: Google.maps
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: