Skip to content

love me, love me

10 junho, 2009

Eu sei que, perto de datas comemorativas, todas as publicações ficam meio monotemáticas. Não curto muito embarcar na onda da maioria, mas achei bacana fazer um texto dedicado ao Dia dos Namorados, já que tenho uma experiência razoavelmente consistente na área (mais de seis anos de namoro, own!). Devo confessar que, apesar de me considerar romântica e deveras sentimentalóide vez ou outra, essa data não é das minhas favoritas não. Realmente acho que ficou comercial demais, tenho bode das promoções de shopping e, nesses seis dia dos namorados que já passamos juntos (esse será o sétimo), só saímos para jantar em dois deles, tamanha preguiça que temos do fuá dos restaurantes, decoração tematizada e velas aromatizadas.

Prefirimos nossos aniversários de namoro e datas só nossas, seja uma mini-viagem para escapar da paulicéia, apenas um almoço descomplicado durante a semana ou um jantar especial para comemorar somente o fato de estarmos juntos. Fazer o quê? Somos um casal trivial, apaixonado e um tiquinho preguiçoso, :p

Mas, para os casais inspirados e corajosos, dispostos a aproveitar as horas de folga e o feriado prolongado para descobrir a cidade e redescobrir o amor, preparei um roteirinho, baseado apenas em gostos pessoais, sem grande apuro técnico ou coisa parecida. Aproveitem para namorar bastante e conhecer muitas coisas novas, também. E depois venham me contar, adoro saber!  

casal das antigas!

casal das antigas!

Restaurante
O meu favorito para noites românticas e tête-à-tête é o La Tartine, na Consolação. Ele preserva a cara de bistrô francês na decoração com bossa vintage, na música ambiente (francesa, bien sûr!), no serviço atencioso e no clima de chez moi. O lugar é aconhegante e a comida é um capítulo à parte: super bem cuidada e deliciosa. Virei fã da quiche de queijo de cabra e tomate, com acompanhamento de salada de folhas verdes com nozes e molho de mostarda dijon. A sopa de cebola é um bálsamo para as noites geladas de pré-inverno, e a carta de vinhos tem ótimas opções. De sobremesa, o clássico crème brûlée fecha bem a noite. Há pratos do dia também. Os preços são acessíveis, mas a espera nem tanto: dependendo do horário, pode chegar a duas horas (!!). Prepare a paciência e aproveite para colocar a conversa em dia.
Rua Fernando de Albuquerque, 267 – Consolação

+ bistrôs: o Guia da Folha da última sexta-feira também fez uma matéria especial só sobre bistrôs para comemorar a data, fica a dica!

Bar
A palavra ‘bar’ em si já não traz muito uma imagem de casal, e sim de flerte (rá!) e solteirice, né? Não no Drosophyla. Apesar de ter solteiros também, o lugar é superacolhedor para casais e grupos de amigos. Comemorei meu último aniversário lá e foi um sucesso entre meus convidados! O lugar é discreto, numa rua tranquila e sem placa na porta. Tudo é pensado com carinho de anfitriã mesmo, para receber bem todo mundo: o mezzanino tem sofás aconchegantes e luz baixa, e lá fora agora tem uma área nova, aberta, com banquinhos e jardim. A decoração toda é de garimpos da dona ao redor do mundo, cheia de personalidade e objetos diferentes. O cardápio, além de lindo, é recheado de ótimas surpresas, como os bolinhos com cream cheese apimentado e o sanduíche de jamón na ciabata com molho de alecrim. Se você tiver sorte e for pet friendly ainda receberá carinho de um dos dois siameses que circulam pela casa!
Rua Pedro Taques, 80 – Consolação

Passeio
Para os casais sortudos que emendaram o feriado (eu não, já que Júlio vai trabalhar!) e quiserem aproveitar a sexta toda para fazer um passeio, uma sugestão é o famigerado Ibirapuera. Como quem emenda o feriado normalmente vai viajar – e quem não emenda vai trabalhar -, as esperanças são de um parque um pouco mais tranquilo, mas ainda assim com opções bacanas para passar o tempo: na Oca, a exposição ‘Mulheres do Planeta’ mostra a viagem do artista francês Titouan Lamazou pelos cinco continentes para retratar a mulher contemporânea, através de cerca de 200 perfis. Já no MAM, as duas exposições em cartaz são ‘Design Brasileiro’ e ‘Fotografias da coleção Auer’, sendo essa última parte da programação do ano da França no Brasil. O Auditório também conta com uma programação diversificada e de qualidade, vale dar uma pesquisada antes. Para comer, o restaurante do próprio MAM tem sempre boas opções, além da vista pro parque. Se quiser dar um toque diferente ao passeio, se jogue na grama e faça um pic-nic, de preferência ao redor do lago e perto do sol se pôr! Meu namorado acha meio cafona, mas eu tenho uma toalha xadrez e uma cesta de vime, herança da minha avó, e adoro o ar retrô da aventura, para fugir da mesmice de sempre. Minhas amigas adoram, é garantia de um programa divertido!

Em casa
Se vocês forem um casal preguiçoso, uma dica é aproveitar o friozinho para ficar debaixo das cobertas mesmo, e se aventurar pela cozinha para preparar algo gostoso para seu bem-querer. Uma dica para receitas gostosas é o Simplesmente Delícia – um site lindo e que está nos meus favoritos há um tempão -, que tem sempre pratos increíbles acompanhados de uma historinha introdutória (e a Flavia é superquerida!). Outra dica é escolher roupas para ficar em casa que, além de megaconfortáveis, sejam bonitas (afinal, temos companhia, néam?), conforme sugeriu a matéria do último Vitrine. Ah, tem vídeo com o editorial aqui também. Aproveite o frio como desculpa para ficar agarradinho no dia 12, bem no clima do rei, ‘eu só quero que você me aqueça neste inverno, e que tudo mais vá pro inferno!’.

Trilha Sonora
Além do Robertão, outra trilha-boa-para-casais-apaixonados que descobri há pouco é Coeur de Pirate, de uma canadense encantadora que toca piano e canta; e tem músicas fofas e gostosas de ouvir juntinho, em francês. Parece música de ninar : } Vi no blog da Mell (lá tem um vídeo dela também!).

Presentes
Como cada casal tem um gosto (e cada pessoa mais ainda!), fica mais difícil e limitado indicar algum lugar para presentes ou algo assim. Mas uma idéia que achei bacana e fofinha foram os gadgets lançados pelo Boticário especialmente para a data, em edição limitada, vocês viram? Amei o pen drive de coração, e o mouse é uma coisa de chuchu (e ainda por cima os preços são super ok)! O problema? ACHAR em alguma loja! Já perguntei em várias e, com o movimento absurdo que elas têm nessa época, puf!, já se foram todos. Mas boa sorte aos que tentarem!

E um bom dia dos namorados a todos, com muito amor-sem-fim! ;*

Mapa dos roteiros: São Paulo – Namorados

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: