Skip to content

tudo acaba em pizza

8 julho, 2009

Enquanto não consigo organizar todas as informações sobre o Chile, segue algo tipicamente paulistano: pizza.

Na próxima sexta-feira, dia 10 de julho, comemoramos o Dia da Pizza aqui na paulicéia. Como todos sabem, se existe uma refeição da qual os paulistanos se apropriaram para chamar de “sua”, essa refeição é a pizza.

Nosso consumo das redondas perde apenas para NY, e existe um sem-número de opções espalhadas pela cidade: de bairro, mais conhecidas, mais simples, mais sofisticadas, invencionices, tradicionais, veggies, doces, por pedaço… tem para todos os gostos.

pizza

Confesso que dificilmente como pizza em outras cidades. Certas atitudes, como colocar ketchup ou criar sabores como “pizza de strogonoffe” (vi em Santa Catarina, juro!), me causam arrepios. Perdão se estou sendo preconceituosa, mas nós, paulistanos, estimamos demais nossas redondas, e somos resistentes sim com esses desvirtuamentos de valores, me dá calafrios!

Vai haver um evento chamado Sampa Pizza na Mooca, tipo uma festa de rua que, segundo organizadores, será “a maior festa da pizza já organizada na cidade”.

A Pizzaria Bráz foi eleita como “a melhor da cidade”, segundo um guia especial sobre restaurantes de São Paulo que a Folha publicou há duas semanas.

Mas uma das minhas favoritas é a da Bendita Hora, não só pela pizza, mas pelo conjunto: o ambiente é incrível! Ela fica em um casarão enorme na região de Perdizes, supercharmoso. Tem uma antessala com vitrola (linda!) e muuitos LPs para os clientes escolherem o que tocar enquanto esperam a sua vez (que, infelizmente, costuma demorar um pouquinho, já que as mesas são disputadas). Também há um jardim (com pomar!) para ajudar na espera, onde são servidos drinks, e que pode ser fechado para eventos. As mesas têm um clima mais rústico, à luz de velas, e o serviço é ótimo. O preço costuma ficar na faixa dos restaurantes do mesmo tipo, em torno de R$40 a R$50 pelas pizzas mais caprichadas, com oito pedaços. E, antes de mudar de casa, Júlio morava exatametne EM FRENTE, então tinha mais uma vantagem sobre as outras: era só atravessarmos a rua!

Um dia, conversando com uma amiga, chegamos à conclusão de que pizzarias costumam ser o melhor custo/benefício para jantar fora: há lugares com ambientes increíbles, boa comida e antepastos, e a conta dificilmente sai por mais de R$100 (incluindo um bom vinho!). Fora que né, quem é capaz de recusar uma boa pizza? Aproveite que seu dia cai numa sexta e se jogue sem pensar no regime! : )

Maiores informações sobre as comemorações ao redor da cidade aqui.

Bon appètit!

Anúncios
One Comment leave one →
  1. Scheyla permalink
    9 julho, 2009 10:09 am

    Eu amoooooo pizza!!
    Esse post me deu fome hehehe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: