Skip to content

israel – vol. 1

25 agosto, 2009

lissaLarissa Margulies é uma lindeza que o mundinho virtual me trouxe. Nos conhecemos em 2006 através do ‘exercício das pequenas coisas’, e desde então nossa amizade só cresce. Descobrimos uma sintonia ímpar, não só de sermos publicitárias-por-formação e fotógrafas-por-paixão, mas de pensamentos, gostos e similaridades mesmo, do tipo ‘não acredito! eu estava pensando/fazendo/ouvindo a mesma coisa!’. Até nossos respectivos bem-querer são parecidos fisicamente, tipo irmãos separados no nascimento! :O

De diferença temos que ela é carioca da gema e eu sou da paulicéia desvairada, mas essa suposta rivalidade só traz um sabor a mais à nossa amizade, de muitas descobertas e quebras de pré-conceitos. Lissa também foi a primeira judia que eu conheci (sempre estudei em colégios católicos), então eu a encho de perguntas sobre sua religião quando nos encontramos (sou fascinada!), que ela responde com a maior paciência do mundo. Nos vemos quando dá, aqui ou acolá, com encontrinhos recheados de coisas boas e sabor de quero-mais.

Ela exerce um trabalho belíssimo com sua câmera também, e já ilustrou posts meus aqui e aqui. Para saber mais, visite seu site oficial e seu flickr. E aproveite seu texto sobre ISRAEL, viagem que ela fez no começo do ano e que me deixou louca de vontade de saber mais e mais!  

 

“Não se assuste com os comentários quando você anunciar o seu destino de viagem. Muita gente vai te perguntar da guerra, das bombas, dos ataques terroristas…
Mas quer saber a minha opinião? Israel é, provavelmente, muito mais seguro do que o lugar onde você mora. Além de ser lindo, memorável, moderno e surpreendente!
Para os judeus, Israel emociona a cada esquina. Para os não-judeus, também. A Terra Santa traz no ar a sua magia e espiritualidade.
Então, vamos a algumas dicas de viagem desse lugar incrível: 

JERUSALÉM  

Recomendo começar o passeio pela Cidade Velha. Assim, você já captura de cara os ares de Israel, e sente toda a história que aconteceu (e acontece) ali.
Não deixe de ir ao Muro das Lamentações (Qotel/ Western Wall) que é um lugar, realmente, imperdível. Prepare seu papelzinho com pedidos (não esqueça os agradecimentos também!) para encaixar em alguma frestinha entre as imensas pedras!  

No mesmo lugar, você vai encontrar o Túnel do Muro das Lamentações. Durante muitos anos arqueólogos trabalharam abrindo esse túnel que corta por baixo o bairro muçulmano. Lá embaixo, o Muro continua por cerca de 300 metros. No início do tour, há uma maquete explicativa. É bem legal!  

Aproveite que já está ali pertinho e faça uma visita à Mesquita Dourada (Dome of The Rock). A cúpula dourada é patrimônio da humanidade reconhecido pela UNESCO como interesse histórico, turístico e arquitetônico. 

O Parlamento de Israel (Knesset) tem visita guiada e é bem legal! As informações estão aqui.

Para quem quer fazer compras (espero que todos, porque tem várias coisas legais! rs), o endereço certo é a Ben Yehuda – rua clássica para compras clássicas! –, como camisas com nome em hebraico, roupas do exército, chocolates, muita prata, cremes… Além dos restaurantes e bares/lanchonetes com deliciosos shwarma e falafel! Imperdível! 

Os Shuks Árabes (mercados árabes) de Jerusalém também valem a visita. Lá encontram-se desde lenços palestinos (os legítimos!) às nossas havaianas (as legítimas!), passando por comidas, incensos e artigos religiosos. Um aviso: os árabes amam negociar, mas fique esperto: uma vez começada a negociação, a compra é quase que obrigatória! E pode ter certeza de que é melhor levar um produto do que uma cuspida na cara (experiência própria… aff!).  

Outro lugar imperdível é o Museu do Holocausto (Yad Vashem). É incrível, super organizado, moderno e, claro, emocionante. Para quem quer entender/conhecer um pouco mais sobre o Holocausto, a visita é obrigatória. 

muro das lamentações

muro das lamentações

TEL AVIV  

É a cidade mais badalada de Israel. É a boa das nights e de cultura laica. Além de ter uma praia linda (mar mediterrâneo), que fica super movimentada o dia todo por conta das pessoas que vão lá para fazer suas caminhadas e corridas. O point principal da night é em Namal (Porto). Lá tem pubs e boates para todos os gostos!

O porto de Tel Aviv é um programa imperdível para quem visita a cidade. Com pencas de restaurantes modernos, é lugar certo de gente bonita, boa comida e bebida. E sempre tem um som rolando de fundo que te transporta para um mundo bem longe do que estamos acostumados.  

Chamado de cidade branca, a Bauhaus Tel Aviv é um bairro para os amantes de arquitetura. Patrimônio cultural da humanidade, vale a visita pela beleza e pelo charme.  

Às terças e sextas-feiras, rola uma feira de artesanatos na Rua Nahalat Binianim. É bem legal para passear e fazer umas comprinhas! É bem movimentada e cheia de artistas em geral.  

Tel Aviv, assim como Jerusalém, tem ótimos shuks (mercados/feiras) que vendem de tudo: de frutas a relógios e roupas. Não deixe de provar o m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o suco de romã. Sou fã!  

Principais Shoppings: Azrieli e Dizengoff. 

pôr-do-sol em tel aviv

pôr-do-sol em tel aviv

 ALIMENTAÇÃO 

 Suuuuper aconselho comer Falafel e Shwarma. Dois clássicos deliciosos que valem por uma refeição e são encontrados em qualquer lugar (mas procure ir em bons lugares… a qualidade vai ser bem melhor!).  

Vale a pena comer também em lugares chamados de Beit Café, espécie de delicatessen/cafeteria. Tem bons sanduíches também, mas o mais legal é vivenciar o local. Principalmente no inverno, são muito frequentados pelos israelenses. 

Pros que querem algo mais light, os israelenses costumam comer bastante salada. Há lugares em que você pode montar a sua própria salada e outros que oferecem varias opções já prontas como, por exemplo, o “Aroma”.  

Os chocolates também são muito gostosos! Tem que provar o da vaquinha (hehe adoro a embalagem!).”  

romãs! :9

romãs! :9

 

Para quem gostou do texto e quer saber mais, não fique triste… tem a segunda parte! É que Lissa foi tão fofa e nos escreveu um texto tão completinho e cheio de informações boas que eu precisei dividir! Amanhã, no mesmo bat-horário, bat-local e bat-canal, não perca! =]

Anúncios
5 Comentários leave one →
  1. 25 agosto, 2009 5:08 pm

    ebaaaa!! amei ;)

    depois de tantas boas dicas (!): visitem israel! \o/

    rs :*

Trackbacks

  1. síndrome de paris « gps: i love you
  2. photo du jour « gps: i love you
  3. paris, amanhã? « gps: i love you
  4. doce paraty « gps: i love you

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: